Gravidade!

Quando a gente ama, contradizemos algumas coisas sem perceber,
e deixamos de importar por isso. 
Quando a gente ama, nunca desistimos, às vezes só cansamos,
mas nos importamos com o bendito.
Quando a gente ama, a música fica mais leve, 
a dança mais calma, a paz mais constante.
Quando a gente ama, o mundo perde mais a gravidade 
e fica muito mais interessante.

Quando a gente ama, seja lá que amor for.

Eu, João.