Meu nada mole amor.

Amar perto, amar longe. Amor é uma fome!
É uma fonte...
De ideias, de estalos
De faltas...
De ar, de noção
De compreensão com o coração.
É um vírus, uma cura!
Uma procura
Uma saída, sem saída.
É o distante, é o perto!
Se o mundo é pedra?
Amor é água que fura concreto.

Eu, João.