O que eles têm pra dizer V : Cláudia Patrícia.

Olá, meus caros e queridos! Hoje tem o quinto episódio do OQETPD.

A cada dia, a cada entrevista, meu coração fica mais grato ao Divino por estar tendo essa oportunidade de falar com tanta gente bacana. 

É isso, com vocês...

 Episódio V




Eu, João: Apresentação?
Cláudia Patrícia: Claudia Patrícia, 18 anos, Recife - PE.

EJ: Qual o seu maior sonho?
CP: Meu maior sonho é trabalhar com aquilo que amo, sei que é clichê, mas é isso. É poder trabalhar com literatura, arte, amor, e principalmente mostrar isso as pessoas para que elas possam enxergar o mundo de forma mais humana. E também escrever um livro.

EJ: Qual foi a maior realização?
CP: Pode parecer nada, mas foi no segundo ano quando a minha nota foi a maior da sala. Fiquei feliz pra caralho! Hehe.

EJ: Qual foi a maior dificuldade?
CP: A maior dificuldade foi no ano de 2007, foi o pior ano da minha vida, fiquei muito doente e minha mãe ficou sem trabalhar, vários problemas familiares, de até eu pedir certo alimento e minha mãe dizer que não tem dinheiro para comprar. Foi bem pesado esse ano.

EJ: O que você aprendeu com essa dificuldade?
CP: Que por mais ruim que seja a dificuldade, ela vai passar. E, é na dificuldade que a família se une mais, um apoia o outro e isso é massa.

EJ: O que mudaria no mundo?
CPA forma que as pessoas enxergam as outras e, com certeza, colocaria poesia na vida de cada um. E amor ao próximo, com isso o mundo seria melhor.

EJ:  Como você se vê daqui a 10 anos?
CP: Vejo uma escritora reconhecida, doutora em língua portuguesa e casada com o sargento da aeronáutica, e sendo muito feliz e triste também, porque tristeza é luxo, segundo Clarice.

EJ:  O que te tira a paz?
CP: Gente chata, que só vê defeito e que acha que nada vai dá certo. Isso irrita e tira a paz, com certeza.

EJ: O que te traz a paz?
CP: Eu tá bem comigo mesma, isso é ótimo.  Terminar um livro me traz paz, uma boa aula de literatura e passar o tempo com quem eu gosto de verdade.

EJ: Patrícia por Patrícia?
CP: Amável.

EJ: Uma mensagem! O que tem pra dizer às pessoas?
CP: Que elas possam demostrar seus sentimentos sem nenhum pudor e não se importar com o que vão achar, pensar, falar. Que devemos olhar as pessoas sempre de uma forma diferente, e tudo que for fazer, fazer por amor. E ler, ler sempre, isso é perfeito, vivifica.

EJ: Uma trilha pra essa conversa?
CP: Legião Urbana - Monte Castelo.


Que o mundo conheça Patrícia e toda sua poesia.


Eu, João.