O que eles têm pra dizer VIII : Jean Barbosa.

Olá! Chegamos ao oitavo episódio! Falta pouco pra acabar essa temporada, me sinto triste com isso. Mas, feliz com todo o resultado que tenho adquirido durante essas entrevistas. É algo gratificante e renovador. Enfim, sem mais, O Que Eles Têm Pra Dizer? 

Episódio VIII





Eu, João: Apresentação?
Jean Barbosa: Meu nome é Jean, tenho 26/27 anos nasci e ainda moro em Jaboatão dos Guararapes.

EJ: Qual o maior sonho?
JB: Morar num mundo onde exista diálogo ao invés de tolerância, um mundo onde exista empatia no lugar de intolerância e por fim um mundo bem fofo.

EJ: Qual a maior realização?
JB: Acho que não tenho uma, tenho várias. Umas são pequenas como pérolas ou diamantes, outras são grandes acontecimentos na minha vida. Fora as coisas que estão para acontecer, que só vão somar minha satisfação pessoal, minhas felicidades totais. Mas se você quer algo específico... Eu diria que neste momento está sendo minha vida presente. Minha família, o meu trabalho, as minhas notas na faculdade e meus amigos.

EJ: Qual foi a maior dificuldade?
JB: Foi quando me colocaram na parede e tive que responder o porquê, aos 23 anos, eu não tinha uma namorada. Não digo isso por mim, mas pelos meus pais. Sei que não é fácil para eles, mas, eu confio no amor que nos une. Superamos tudo juntos.

EJ: O que aprendeu com essa dificuldade?
JB: A ser paciente, a ter coragem, e aprendi que é só o amor que vence tudo.

EJ: O que mudaria no mundo?
JB: Mudaria a nossa cultura extrativista, maltratamos demais nossa Mãe Terra e nosso Pai Céu. Acredito que existe uma melhor forma de usufruir das coisas que nos oferece, sem ter que comprometer o futuro.

EJ: Como você se vê daqui a 10 anos?
JB: Com 37 anos! Hehehe. Eu me vejo melhor do que hoje, assim espero.

EJ: O que te tira a paz?
JB: Contas para pagar.

EJ: O que te traz a paz?
JB: A paz, em seu sentido amplo.

EJ: Jean por Jean?
JB: Difícil falar de si mesmo. Mas, eu sempre estou em mutação, só que não sou um dos X-Men. Apenas mutável, melhorável. Eita, neologismo vale, né? Hehe.

EJ: Uma mensagem! O que tem pra dizer às pessoas?
JB: Procurem ser felizes! Fiz isso e mudou minha vida, pra melhor.

EJ: Uma trilha pra essa conversa!
JB: Rush - Snakes and Arrows.

Amor à vida, amor à terra, amor ao amor.

 

Eu, João.