Divino



Longe vou para que me escute, em uma última oração conforto peço
A tudo de belo que ao meu peito trouxe, numa última oração para que fique eterno
Um vazio que esteve presente em meu peito, ocupou a maior parte do tempo
Suspiros, sussurros, ausências, dores, completavam o escuro com o meu lamento

Divino, belo e puro, me mostrou, que mesmo incompleto senti o amor
E mesmo num tempo curto, porém, exato, vi a luz do que tem de melhor
Obrigado por toda essa iluminação, que me entrego e me rendo nessa última oração.

Eu, João.